SÃO PAULO - Os preços de minério de ferro estão seguindo a demanda e oferta do mercado, disse o diretor-presidente da Vale, Roger Agnelli, em nota distribuída pela empresa. Segundo ele, a mineradora "não está fixando preços". Quem está fixando os preços é o mercado.

E nós só estamos refletindo nos contratos o que está acontecendo hoje no mercado", complementou. Nos últimos dias, circularam notícias na imprensa nacional e internacional de que a Vale estudava reajustar o preço do minério de ferro, entre 30% e 35%, no terceiro trimestre deste ano. Na nota divulgada, a mineradora afirma que o preço do terceiro trimestre deste ano "foi formado automaticamente pela média dos preços spot do minério de ferro vendido na China dos meses de março, abril e maio de 2010". Tais cotações são baseadas em índices, como o Platts, o Metal Bulletin e o TSI, "que são facilmente acessados em uma base diária pelo mercado, contribuindo para a prevalência da transparência". "Os clientes podem escolher o índice ou a composição de índices que preferem usar. A Vale está aberta a negociar o que for melhor para o cliente", explicou em nota o diretor-executivo de Ferrosos, José Carlos Martins. (Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.