Plano de negócios da Petrobras aumenta preço do barril em até US$ 82 e recua valor do câmbio para R$ 1,78, até 2014

O Plano de Negócios da Petrobras para o período de 2010 a 2014 leva em conta a geração de fluxo de caixa operacional baseada em um preço médio de petróleo de US$ 80 para o período, abaixo da média das projeções do mercado, diz a companhia em comunicado.

O documento considera um preço médio do Brent de US$ 76 o barril em 2010, bem acima da projeção anterior, do plano de negócios 2009-2013, que era de US$ 61. Para 2011, o número foi revisado de US$ 72 para US$ 78 o barril. Para o período de 2012 a 2014, o novo plano considera um preço de US$ 82 o barril.

Já a estimativa de câmbio recuou de R$ 2,00 entre 2009 e 2013 para R$ 1,78 por dólar entre 2010 e 2014. Com isso, o investimento total projetado saltou 28%, de US$ 174 bilhões no plano anterior para US$ 224 bilhões no plano atual.

A meta de alavancagem financeira média foi mantida entre 25% e 35%. A realização de uma oferta pública de ações deve manter a estrutura de capital e indicadores equilibrados; contudo a Petrobras dever continuar buscando financiamento em várias fontes de recursos no Brasil e no exterior, diz a companhia no comunicado. (Teo Takar | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.