Nos últimos dois anos, número de encomendas cai e chega a US$ 16 bilhões

O sucesso da família de E-Jets da Embraer, lançados no início desta década, permitiram a companhia atingir uma carteira de pedidos de quase US$ 21 bilhões em 2008. Mas a crise econômica mundial tolheu boa parte da demanda por aviões comerciais, e os executivos da companhia brasileira só esperam uma recuperação em 2011.

A carteira de pedidos da Embraer totalizou US$ 16 bilhões no primeiro trimestre de 2010 - um nível que não acontecia desde 2006. Isso correspondeu a 3,2 anos da receita anual atual projetada da empresa.

No primeiro trimestre de 2010, a aviação comercial representou mais de 50% da receita líquida da Embraer, que foi de R$ 1,78 bilhão no período. O lucro foi de R$ 44 milhões. 

Encomendas à vista

Valor dos pedidos firmes da Embraer (US$ bilhões) * 1º trimestre

Gerando gráfico...
Embraer/Relatório do 1º trimestre de 2010

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.