RIO - As operações de duas unidades do segmento de metalurgia da Lupatech em Caxias do Sul, a Microinox e a Steelinject, foram paralisadas hoje

. Em fato relevante enviado ao mercado, a companhia revelou que a parada foi motivada por reivindicações sobre o acordo de participação nos resultados de 2010, firmado em 22 de junho. "Segundo apurado pelos indicadores das unidades paralisadas, não há valores devidos a título de antecipação aos colaboradores, uma vez que não houve o cumprimento das metas mínimas estabelecidas no acordo para o período que compreende o primeiro semestre de 2010", diz o fato relevante divulgado pela Lupatech. A empresa destacou que o acordo foi firmado por representantes eleitos dos empregados, outros indicados pela empresa e pelo representante do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul, órgão que representa os funcionários da Microinox e da Steelinject. "A companhia possui gestão transparente e adota práticas de apresentação de resultados relativos aos acordos de participação de resultados com todos os representantes eleitos pelos empregados em todas as unidades que compõem a Lupatech S.A., caracterizando sua cultura de valorização dos recursos humanos e de meritocracia", diz a nota divulgada pela empresa, que fabrica válvulas e equipamentos para o setor de petróleo. De acordo com a Lupatech, as unidades paralisadas representaram cerca de 9% do faturamento e contribuíram negativamente em cerca de 3% na composição do lucro operacional antes dos juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) da companhia no primeiro semestre. (Rafael Rosas | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.