A Usiminas teve lucro líquido de R$ 347 milhões no segundo trimestre deste ano, o que representa uma alta de 3% na comparação com o montante registrado no mesmo período de 2009, de R$ 335 milhões

selo

A Usiminas teve lucro líquido de R$ 347 milhões no segundo trimestre deste ano, o que representa uma alta de 3% na comparação com o montante registrado no mesmo período de 2009, de R$ 335 milhões. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações) saltou 526%, de R$ 139 milhões para R$ 872 milhões, na mesma comparação. A margem Ebitda ficou em 24,3%, contra 5,8% do segundo trimestre do ano passado. Os dados divulgados ontem mostram ainda que a empresa teve receita líquida de R$ 3,587 bilhões, alta de 49%. O resultado financeiro apontou uma despesa de R$ 128,861 milhões, contra cifra positiva de R$ 539,585 milhões em igual período de 2009. A empresa prevê investimentos totais de R$ 3,2 bilhões para 2010. Para 2011, o presidente da Usiminas, Wilson Brumer, diz que a previsão é de R$ 2,7 bilhões, sem considerar os aportes em mineração e na expansão da capacidade produtiva. Segundo Brumer, os investimentos vão possibilitar a agregação de valor de US$ 3 bilhões à companhia. Brumer reiterou que a oferta pública inicial de ações (IPO) da Mineração Usiminas não ocorrerá no curto prazo, afirmando que a prioridade em relação à empresa era a busca de um parceiro. Em junho, a Usiminas anunciou a criação da Mineração Usiminas e que a Sumitomo terá 30% de participação na empresa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.