A greve de trabalhadores em uma fábrica de autopeças da Honda Motor no sul da China entrou na sua segunda semana, mas a produção de carros da empresa não foi afetada até agora, afirmou a montadora japonesa

selo

A greve de trabalhadores em uma fábrica de autopeças da Honda Motor no sul da China entrou na sua segunda semana, mas a produção de carros da empresa não foi afetada até agora, afirmou a montadora japonesa. A greve na unidade da Atsumitec, na cidade chinesa de Foshan e que fornece alavanca de câmbio para os veículos da montadora na China, foi iniciada no dia 12 de julho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.