Montadora criou uma subsidiária para investir em materiais leves, tecnologia de motores limpos e eletrônicos embarcados

Detroit, Estados Unidos - A General Motors criou uma subsidiária para fazer investimentos em empresas de veículos e transporte iniciantes focadas em áreas como materiais leves, tecnologia de motores limpos e eletrônicos embarcados. A General Motors Ventures, primeira companhia de investimentos da empresa, representa uma tentativa do presidente-executivo da companhia, Ed Whitacre, de quebrar com uma cultura de lentidão em tecnologias que caracteriza a empresa há décadas.

A GM, na qual o Tesouro dos Estados Unidos detém 61% de participação após a operação de salvamento da companhia em 2009, disse que investiu US$ 100 milhões na unidade.

O anúncio também destaca o crescimento na competitividade da indústria automotiva global, em que grandes concorrentes como GM e Toyota Motor começam a investir em novas tecnologias em busca da liderança no desenvolvimento de carros com consumo eficiente de energia.

A Toyota afirmou no mês passado que vai assumir uma participação de US$ 50 milhões da fabricante de carros elétricos Tesla Motors, além de cooperar no desenvolvimento de veículos elétricos, peças e sistemas de produção.

A General Motors Ventures será chefiada por Jon Lauckner, ex-vice-presidente global de planejamento de produto da GM. Ele tomará posse em 1 de julho.

Lauckner tem sido importante esforço de engenharia por trás do desenvolvimento do Chevrolet Volt, um carro híbrido que representa o desafio da GM à reputação de liderança da Toyota em inovação e tecnologias híbridas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.