O presidente mundial montadora anunciou nesta quinta a decisão de elevar em US$ 500 milhões o plano de investimentos para o Brasil

O presidente mundial da Ford, Alan Mulally, anunciou nesta quinta-feira que a montadora decidiu aumentar para US$ 4,5 bilhões seu plano de investimentos no Brasil até 2015, conforme antecipou a coluna de Guilherme Barros . O montante representa um aumento de R$ 500 milhões em relação aos planos que a multinacional tinha anunciado no fim do ano passado.

Mulally, que foi recebido em Brasília pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, disse à imprensa que a maior parte dos investimentos será dirigida à fábrica da Ford em Camaçari, na Bahia, onde será desenvolvida a nova geração do EcoSport. Só na fábrica de Camaçari, Mulally prevê que serão criados mil novos empregos.

O presidente mundial da Ford indicou, além disso, que os carros EcoSport que serão desenhados no Brasil serão fabricados em outros cinco países, ainda não definidos, mas da América Latina, que atualmente concentra boa parte dos interesses da empresa. Mulally afirmou que o ambiente para negócios no Brasil é "melhor do que nunca" e descartou a possibilidade de que possa ser prejudicado pelas eleições de 3 de outubro. "Não vemos nenhum risco no Brasil, um país no qual operamos já há 90 anos com muito sucesso", declarou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.