Publicidade
Publicidade - Super banner
Empresas
enhanced by Google
 

Estado do Alabama processa petrolífera por vazamento no Golfo do México

Washington, 13 ago (EFE).- O procurador-geral do estado americano do Alabama, Troy King, anunciou hoje que vai processar a companhia petrolífera BP pelo vazamento de petróleo no Golfo do México que provocou o maior desastre ecológico da história dos Estados Unidos.

EFE |

Washington, 13 ago (EFE).- O procurador-geral do estado americano do Alabama, Troy King, anunciou hoje que vai processar a companhia petrolífera BP pelo vazamento de petróleo no Golfo do México que provocou o maior desastre ecológico da história dos Estados Unidos. Além do processo contra a BP, King apresentou uma denúncia contra as empresas Transocean e Halliburton, também envolvidas no vazamento, que começou no final de abril depois da explosão e posterior afundamento de uma plataforma operada pela BP. As ações acusam as companhias de causar danos ao litoral e à economia do estado por agir com negligência em relação às normas de segurança. Até o momento foram apresentados cerca de 300 processos federais contra a BP e as outras duas companhias envolvidas. A BP era a operadora da plataforma Deepwater Horizon, da Transocean, que explodiu no dia 20 de abril provocando a morte de 11 trabalhadores, e afundou dois dias depois causando o desastre. Além do Alabama, o vazamento atingiu o litoral do Mississipi, Louisiana e Flórida. EFE tb/tf

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG