Tamanho do texto

Indicador do número de vagas registrou 54,6 pontos entre abril e junho, ante 55,5 pontos de janeiro a março

selo

A sondagem industrial divulgada nesta quarta-feira pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostrou que a expansão nas contratações do setor continuou no segundo trimestre deste ano, mesmo que de forma moderada. Em uma escala onde valores acima de 50 pontos representam crescimento, o indicador do número de empregados na indústria registrou 54,6 pontos entre abril e junho. Nos três primeiros meses do ano, o indicador havia ficado em 55,5 pontos.

De acordo com a CNI, pequenas, médias e grandes empresas aumentaram o número de funcionários no trimestre. Pela análise setorial, apenas as indústrias de couro, móveis e madeira reduziram a mão de obra empregada no período. "Os empresários continuam apostando em aumento da demanda, com expectativas altas, à exceção das exportações. Por isso, as companhias devem continuar os investimentos e a contratação de trabalhadores, com ritmo menor, mas com crescimento", avaliou o gerente-executivo de Análise da CNI, Renato da Fonseca.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.