SÃO PAULO - A Coca-Cola Femsa, empresa mexicana engarrafadora de Coca-Cola da América Latina, anunciou hoje um avanço anual de 10,4% no lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, sigla em inglês) no segundo trimestre, para 5,023 bilhões de pesos mexicanos (US$ 391,9 milhões). O lucro líquido consolidado da companhia, por sua vez, subiu 13,4%, para 2,58 bilhões de pesos.

SÃO PAULO - A Coca-Cola Femsa, empresa mexicana engarrafadora de Coca-Cola da América Latina, anunciou hoje um avanço anual de 10,4% no lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, sigla em inglês) no segundo trimestre, para 5,023 bilhões de pesos mexicanos (US$ 391,9 milhões). O lucro líquido consolidado da companhia, por sua vez, subiu 13,4%, para 2,58 bilhões de pesos. Já a receita total alcançou 25,17 bilhões, o que representa um avanço de 4,1% ante o segundo trimestre de 2009. "Apesar da volatilidade econômica global recente, nosso portfólio geograficamente balanceado dos territórios de franquia da América Latina entregou bons resultados no trimestre", constatou o diretor executivo da empresa, Carlos Salazar Lomelin. Os resultados, segundo informou a companhia, foram impulsionados pelo aumento nos preços e pela divisão do Mercosul, cuja receita cresceu 24,1%, para 7,15 bilhões de pesos no período. Na divisão do México, a receita totalizou 10,6 bilhões, um avanço de 9,3%, enquanto na divisão "Centrolatina", foi registrado recuo de 15% na receita, que somou 7,3 bilhões de pesos. A empresa informou ainda que pagou dividendos no valor de 2,6 bilhões de pesos durante o trimestre. Vale lembrar que, no início do ano, a holandesa Heineken comprou a divisão de cervejas da Femsa. (Vanessa Dezem | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.