Fabricante de autopeças planeja unidade no País até 2012; planta na Europa também faz parte dos projetos

A fabricante de autopeças sul-coreana Mando disse nesta segunda-feira que está trabalhando para conseguir novos contratos como parte de um esforço para se tornar uma das 50 maiores empresas do setor até 2013. O grupo também pretende expandir sua capacidade de produção no exterior com a construção de uma fábrica no Brasil até 2012, enquanto estuda construir outra na Europa.

Após assinar contratos de fornecimento de peças com a Peugeot e a Renault, a companhia está agora em negociações com a BMW e a Volkswagen, disse o vice-presidente-executivo, Shin Sa-hyeon. A obtenção de acordos com grandes fabricantes de automóveis na Europa é um componente essencial para as ambições de crescimento do grupo, disse o executivo-chefe da empresa, Byun Zung-su.

Atualmente, a Mando possui quatro fábricas na China, uma nos EUA, duas na Índia, uma na Turquia e uma na Malásia, além de três na Coreia do Sul. Com essa estratégia, o grupo espera atingir uma taxa de crescimento anual de suas vendas de mais de 20% até 2013.

A Mando usará os recursos de sua oferta inicial de ações (IPO) para financiar seus planos de expansão atuais. O grupo deve levantar até 540 bilhões de wons (US$ 486 milhões) com o IPO na Bolsa de Seul em 19 de maio. Serão oferecidos seis milhões de ações, numa colocação coordenada pela Woori Investment, JP Morgan Securities, HMC Investment Securities e Citi Group Global Markets Korea Securities. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.