Publicidade
Publicidade - Super banner
Empresas
enhanced by Google
 

Brasileiro Alain Belda deixa Alcoa após 40 anos

Executivo ajudou a internacionalizar produtora americana de alumínio

André Vieira, iG São Paulo |

A saída do brasileiro Alain Belda da presidência do conselho de administração da Alcoa, uma das maiores produtoras de alumínio do mundo, foi anunciada nesta sexta-feira. Belda será substituído por Klaus Kleinfeld, de 52 anos, que assumirá além do comando do "board" da companhia o cargo de principal executivo, CEO.

Bloomberg via Getty Images/Bloomberg
Alain Belda, mais de quatro décadas na Alcoa: processo de internacionalização
Belda fez parte dos quadros da empresa por mais de 40 anos. Formado em administração pela Universidade Mackenzie, o executivo, de 66 anos, que nasceu no Marrocos e se naturalizou brasileiro, entrou na Alcoa em 1969. Foi presidente mundial da companhia entre maio de 1999 e janeiro de 2001, quando assumiu a presidência do conselho de administração.

Belda já anunciou a intenção de dirigir as operações da Warburg Pinus, fundo de private equity, no Brasil. Além disso, ele continuará mantendo funções de conselheiro no Citibank, IBM e Renault.

Kleinfeld foi CEO da Siemens antes de entrar na Alcoa como membro de seu conselho de administração. Seu contrato de trabalho não foi renovado em abril de 2007 em meio às suspeitas de práticas de corrupção realizadas pela empresa alemã. Em outubro do mesmo ano, ele tornou-se principal executivo de operações da empresa de alumínio.

"Alain era a força motriz por trás de uma das mudanças estratégicas mais importantes na história da Alcoa - a internacionalização da companhia", afirmou Kleinfeld, em nota no site da Alcoa. "Seus valores pessoais e compromisso com a gestão ambiental tem inspirado e fez os funcionários da Alcoa um modelo de cidadania sustentável."

Além de Belda, outros dois executivos seniores da Alcoa, Frank Thomas e Henry Schacht, estão se aposentando.

Com a aposentadoria de Belda, pelo menos um brasileiro nato, embora com cidadania francesa, continuará no conselho da Alcoa. Trata-se de Carlos Ghosn, principal executivo da montadora de veículos francesa Renault, reeleito para mais três anos.


 

Leia tudo sobre: Alain BeldaAlcoaalumínio

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG