Publicidade
Publicidade - Super banner
Empresas
enhanced by Google
 

Brasil mais que dobrará produção de cobre até 2014

País deve se transformar em um exportador líquido do metal, segundo instituto

Reuters |

O Brasil mais do que dobrará a sua produção de cobre até 2014, com cinco novos projetos que entram em operação, e o país deve se transformar em um exportador líquido do metal, afirmou o diretor-presidente do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram).

A produção de cobre concentrado tem crescido rapidamente no país. Em 2009, ela foi de 210 mil toneladas, contra apenas 26,2 mil toneladas em 2003, de acordo com dados do governo, já tornando o país autossuficiente.

"Até 2014, nós mais que dobraremos a produção de cobre. Nós passaremos de 210 mil toneladas (em 2009) para 475 mil toneladas em 2014", declarou à Reuters o executivo do Ibram Paulo Camillo Penna.

"Uma alta nos preços das commodities aumentará o volume de produção no Brasil", declarou.

Os cinco projetos vão exigir investimentos de 2,7 bilhões de dólares. A Vale vai responder pela maior parte dos investimentos, com dois projetos no Pará que deverão produzir 254 mil toneladas por ano.

A mina Boa Esperança da Paranapanema, de 30 mil toneladas, e o projeto Vale Verde, de 40 mil toneladas, detido pela Aura Gold, em Alagoas, também devem entrar em operação, contribuindo com o aumento da produção, segundo o DNPM, departamento do governo responsável pelo setor.

O Brasil de uma maneira geral importa a maior parte do cobre que consome devido à peculiaridade do seu mercado. Os produtores locais geralmente lucram mais vendendo a commodity para o exterior.

O país importa e exporta volumes semelhantes, mas Penna acredita que as importações vão começar a cair.

A demanda nacional por cobre tem sido forte, com o aquecimento da economia e grandes investimentos em construção e no setor elétrico.

O executivo disse ainda que, após a crise, os investimentos do setor de mineração em prospecção e novas minas estão crescentes. A indústria prevê um recorde de investimentos de 62 bilhões de dólares entre 2010-2014.

"Isso pode ser revisado para cima novamente este ano", disse.

"(2010) tem sido excepcional... Os aumentos em volume e preço estão nos levando para um valor recorde de mineração no Brasil", disse Penna, estimando o valor da produção em 35 bilhões de dólares.

Em 2009, o valor da produção de mineração no país somou 24 bilhões de dólares.

As exportações brasileiras de minério de ferro devem saltar para 20 bilhões de dólares em 2010, contra 13,5 bilhões em 2009, quando as mineradoras sofreram com um preço mais baixo.

A produção nacional de minério de ferro deverá crescer para 370 milhões de toneladas em 2010, ante 310 milhões de toneladas no ano passado.

As exportações devem somar 300 milhões de toneladas neste ano, alta de 13 por cento ante 2009.

 

Leia tudo sobre: MINERAçãoCOBREproduçãoexportações

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG