Washington, 23 ago (EFE).- A BP anunciou hoje que pagou US$ 399 milhões em processos relacionados ao vazamento de petróleo no Golfo do México durante as 16 semanas nas quais administrou sozinha as tarefas de indenização do desastre.

Washington, 23 ago (EFE).- A BP anunciou hoje que pagou US$ 399 milhões em processos relacionados ao vazamento de petróleo no Golfo do México durante as 16 semanas nas quais administrou sozinha as tarefas de indenização do desastre. Na quarta-feira, a BP deixou de aceitar novas denúncias pelo derramamento. A tarefa passou para o Centro de Reivindicações do Golfo do México (GCCF, em inglês), entidade independente criada especificamente para isso. A companhia petrolífera aproveitou a ocasião para informar que tramitou 154 mil reivindicações e recebeu 166 mil chamadas, após as quais emitiu 127 mil cheques que, somados, acumulam US$ 399 milhões. A partir de agora, será o GCCF que pagará as multas por meio de um fundo de US$ 20 bilhões montado pela BP em uma conta que será administrada por terceiros e supervisionada pelo advogado Kenneth Feinberg. EFE. llb/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.