La Paz, 5 jul (EFE).- O Governo da Bolívia anunciou hoje que adotará nos próximos dois anos o modelo de televisão digital japonês-brasileiro, transformando-se no 11º país do mundo a fazer isso.

La Paz, 5 jul (EFE).- O Governo da Bolívia anunciou hoje que adotará nos próximos dois anos o modelo de televisão digital japonês-brasileiro, transformando-se no 11º país do mundo a fazer isso. O ministro de Relações Exteriores boliviano, David Choquehuanca, aproveitou um ato com o embaixador japonês em La Paz, Kazuo Tanaka, para anunciar oficialmente a decisão. "O Governo da Bolívia, em consideração aos resultados e as provas de transmissão realizadas em nosso país, decidiu optar pelo standard japonês-brasileiro de transmissão de televisão digital terrestre", anunciou hoje o chanceler. A adoção do sistema japonês de televisão digital com as remodelações brasileiras, denominado sistema ISDB-T (Integrated Services Digital Broadcasting Terrestial), frente aos formatos americano e europeu, segue a tendência dos países sul-americanos neste âmbito. Além do Japão e Brasil, optaram por este sistema Argentina, Chile, Costa Rica, Equador, Filipinas, Paraguai, Peru e Venezuela. Choquehuanca explicou que a implementação pode demorar dois anos e que a Bolívia contará com a cooperação do Japão na transferência de tecnologia e na formação de técnicos. O ministro não se referiu ao orçamento que será necessário para a implementação, nem o calendário previsto do processo. No entanto, assegurou que em 2011 já serão realizadas as primeiras provas do novo sistema de televisão no país. Segundo o chanceler, a "nova televisão" melhorará a imagem, a comunicação e apresentará interação, a fim do espectador poder comunicar-se de casa com o canal e outros usuários. EFE vs/pb

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.