Montadora quer vender 1,4 milhão de unidades este ano; aumento de 10% na comparação com a previsão anterior

A fabricante de carros de luxo alemã BMW afirmou que seu lucro antes dos impostos em 2010 deverá aumentar de forma mais acentuada que o previsto anteriormente, graças às vendas de veículos, que deverão ser melhores do que o esperado, e à recuperação da divisão de serviços financeiros. "A melhora das condições nos mercados de automóveis internacionais sinaliza que a BMW prevê agora reportar lucros no segundo trimestre e no ano cheio muito melhores do que o esperado anteriormente", afirmou a empresa em comunicado.

A montadora foi atingida pela crise financeira e a consequente desaceleração econômica, com as vendas e os lucros se tornando anêmicos em 2009. No entanto, houve uma recuperação do segm0ento mais rápida do que o previsto nos últimos meses, conduzida pelo crescimento da demanda na China e a recuperação do mercado norte-americano.

A BMW prevê agora um aumento de cerca de 10% das vendas de veículos em 2010, para mais de 1,4 milhão de unidades, depois de ter projetado anteriormente uma alta porcentual de um dígito, para mais de 1,3 milhão de carros.

Nos primeiros seis meses do ano, um total de 696.026 veículos BMW, Mini e Rolls-Royce foram entregues aos clientes, marcando um crescimento de 13% em comparação com o mesmo período do ano passado. A montadora prevê que o lucro antes dos juros e do imposto de renda (Ebit), aumentará 5% no seu principal segmento de automóveis neste ano. A montadora deverá divulgar os resultados do segundo trimestre no dia 3 de agosto. As informações são da " Dow Jones ".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.