Movimento não é exclusividade brasileira; de 2009 a 2012, vendas globais do produto devem crescer 2,4%

Os planos da Danone de fazer crescer o consumo de iogurte no País fazem sentido no atual contexto econômico. Segundo Carlos de Carvalho, presidente do Sindicato da Indústria de Laticínios e Produtos Derivados no Estado de São Paulo (Sindileite), o aumento do poder aquisitivo vai fazer com que o consumo de iogurtes cresça no País. "Antes, o produto era considerado sonho de consumo para muitas pessoas. Hoje, já é possível incluí-lo na lista de compras do mês", disse.

O aumento da produtividade e a redução de custos na cadeia de produção de leite podem colaborar para o barateamento do iogurte
Getty Images
O aumento da produtividade e a redução de custos na cadeia de produção de leite podem colaborar para o barateamento do iogurte
A classe C brasileira - formada por famílias com uma faixa de renda média mensal de R$ 1,1 mil a R$ 4,8 mil - será uma das principais responsáveis pelo impulso. e o movimento não é exclusividade brasileira. Segundo estudo recente da Tetra Pak, empresa líder no segmento de envase de alimentos, o consumo global do produto deverá crescer 2,4% entre 2009 e 2012, estimulado principalmente pela ascendente classe C de países emergentes.

Além do aumento da renda dos brasileiros, outros fatores também podem colaborar para o crescimento do setor de lácteos. De acordo com análise feita pela Tendências Consultoria, o aumento da produtividade do leite e a redução dos custos na cadeia de produção de leite podem colaborar para a queda do preço do leite - e, em consequência, o consumo de iogurte suba.

Segundo Amaryllis Romano, analista de leites e derivados da consultoria, a questão da renda já caminhou bastante no País. Cabe agora aos produtores de leite buscar maneiras de aumentar a produtividade para que o custo da matéria-prima caia. “O setor de lácteos tem um longo caminho a percorrer em termos de excelência, mas seu potencial para se expandir no País é enorme”, disse.

O Brasil é o sexto país mais importante em produção de lácteos frescos no ranking da Danone. Espanha, França, Estados Unidos, Rússia e Alemanha lideram as primeiras posições, nessa ordem. Os lácteos representam 57% do faturamento da empresa. Além deles, a companhia também trabalha com a linha de água, responsável por 17% da receita, alimentação para bebê (20%) e outros complementos alimentares (6%).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.