Tamanho do texto

SÃO PAULO - A fabricante de bebidas AmBev anunciou hoje um plano de investir R$ 152 milhões na ampliação da fábrica de Viamão, no Rio Grande do Sul. A capacidade de produção anual da unidade passará de 7,6 milhões de hectolitros para 9,9 milhões de hectolitros até outubro, o que corresponde a um aumento de 30%.

SÃO PAULO - A fabricante de bebidas AmBev anunciou hoje um plano de investir R$ 152 milhões na ampliação da fábrica de Viamão, no Rio Grande do Sul. A capacidade de produção anual da unidade passará de 7,6 milhões de hectolitros para 9,9 milhões de hectolitros até outubro, o que corresponde a um aumento de 30%. Os recursos estão dentro de um programa de R$ 2 bilhões destinado a ampliar entre 10% e 15% a capacidade produtiva da companhia no Brasil neste ano, na esteira do crescimento de vendas em 2009 e nos primeiros meses de 2010. Vale lembrar que a empresa condicionou esses investimentos à manutenção das alíquotas de impostos federais. O projeto em Viamão prevê a duplicação das áreas de fabricação e processamento de cervejas, uma nova linha de produção de bebidas em embalagens de lata (com capacidade de 120 mil latas por hora) e o aumento da capacidade de envase da embalagem de um litro. A empresa diz ainda que fará adequações para a produção de inovações, como a lata de 269 ml e novos pacotes de 18 e 24 latas. Fora os investimentos na ampliação, estão previstos R$ 31 milhões em aportes operacionais para refrigeração, armazéns e atualização de equipamentos no Rio Grande do Sul. A produção gaúcha da Ambev - que inclui uma fábrica em Sapucaia do Sul - abastece os três estados da região Sul. O aumento de capacidade deverá criar 97 novos empregos diretos na fábrica de Viamão, que hoje emprega 489 funcionários. (Eduardo Laguna | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.