Briga na China envolve 2 mil empregados da Foxconn

Imagens divulgadas no YouTube mostram uma multidão em torno da fábrica após confusão que deixou ao menos 40 funcionários feridos

BBC |

BBC

A gigante taiwanesa de aparelhos eletrônicos Foxconn suspendeu nesta segunda-feira a produção em uma unidade na cidade de Taiyuan, no norte da China, após uma briga envolvendo cerca de 2 mil funcionários.

Pelo menos 40 pessoas teriam ficado feridas no episódio.

A pancadaria teria começado com uma confusão no dormitório da fábrica de equipamentos eletrônicos, como iPhones e iPads da Apple.

Segundo a imprensa chinesa, a polícia teria levado cerca de dez horas para controlar a situação.

Este vídeo contém imagens publicadas no site YouTube. A BBC não pode confirmar a veracidade delas, mas acredita que foram filmadas na fábrica da Foxconn em Taiyuan, China, e que o material foi carregado por volta da hora em que o episódio aconteceu no local.




Leia tudo sobre: foxconnchinaipadiphoneapple

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG