Em uma escala de 0 a 10, a Nokia atingiu 7,5. A Sony Ericsson, segunda no ranking, somou 6,9 pontos

A fabricante de celulares Nokia manteve sua posição de liderança como a empresa de eletroeletrônicos mais verde do mundo. O ranking é feito anualmente desde 2006 pela ONG Greenpeace e leva em consideração aspectos como consumo de energia, uso de materiais tóxicos, programas de reciclagem, emissões de gases-estufa, entre outros.

Em uma escala de 0 a 10, a Nokia atingiu 7,5. A Sony Ericsson, segunda no ranking, somou 6,9 pontos. Segundo o Greenpeace, a Nokia avançou no compromisso de retirar substâncias tóxicas, como os compostos de bromo, dos celulares.

As empresas consideradas menos ecológicas do setor de eletroeletrônicos foram a japonesa Nintendo e a chinesa Lenovo. O objetivo da lista é orientar o consumidor e pressionar as 18 maiores empresas do setor. As informações são do jornal "O Estado de S.Paulo".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.