Atual diretora de Gás e Energia da estatal foi indicada por Guido Mantega para o cargo de Gabrielli

A atual diretora de Gás e Energia da Petrobras, Maria das Graças Silva Foster , foi indicada pelo presidente do Conselho de Administração da estatal, o ministro Guido Mantega, para ser a nova presidente da companhia, segundo comunicado da empresa nesta segunda-feira.

Graça: o melhor resultado que a Petrobras pode ter é desenvolver o mercado interno
Helio Motta
Graça: o melhor resultado que a Petrobras pode ter é desenvolver o mercado interno
- LEIA TAMBÉM: Saiba quem é Maria das Graças Foster

O Conselho apreciará a indicação em reunião no próximo dia 9 de fevereiro, segundo o documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Leia o comunicado:

"A Companhia informa que o Conselho de Administração é o órgão responsável pela eleição de seu presidente. O Presidente do Conselho de Administração da Petrobrás, Sr. Guido Mantega, já manifestou que vai encaminhar como proposta a ser apreciada na próxima reunião do mesmo, a se realizar dia 9 de fevereiro próximo, a indicação da atual Diretora de Gás e Energia, Maria das Graças Silva Foster, para presidir a Petrobras.

Uma vez o assunto em questão seja aprovado pelo Conselho, a Companhia dará ampla divulgação do fato".

Durante o fim de semana, uma eventual saída de José Sérgio Gabrielli do comando da empresa foi anunciada pela Globo News, mas o executivo negou a informação. A notícia pegou de surpresa autoridades do governo e executivos da própria Petrobras, que disseram não ter informações sobre o assunto.

Fonte próximas à empresa haviam declararado que a saída do executivo era questão de tempo. Gabrielli teria aspirações políticas e buscaria concorrer a um cargo executivo na Bahia, dizem pessoas próximas a ele. Mas, em café da manhã com a imprensa em dezembro de 2011, no Rio de Janeiro, o executivo negou que seria candidato em 2012.

Graças Foster é próxima à presidente Dilma e seu nome foi cotado para assumir o Ministério de Minas e Energia ou o próprio comando da Petrobras quando Dilma tomou posse no cargo, no início do ano passado. Veja o perfil completo da executiva nesse link .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.