Tamanho do texto

SÃO PAULO - O Grupo Gerdau vai investir um total de 55 milhões de euros em todas as fábricas da empresa Sidenor, na Espanha, no prazo de um ano, segundo explicou na última segunda-feira em São Paulo o presidente do grupo, Jorge Gerdau.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237562672456&_c_=MiGComponente_C

Jorge se reuniu com o lehendakari (presidente) do Governo autônomo Basco (norte da Espanha), Patxi López, que realiza visita oficial ao Brasil e queria conhecer os planos do principal acionista da Sidenor para a empresa.

A Sidenor conta, na Espanha, com cinco plantas, quatro no País Basco (Basauri, Vitoria, Azkoitia e Legazpi) e uma em Reinosa (Cantábria). Além disso, sua filial Forjanor produz nas localidades de Villalba e Elgueta.

Uma das preocupações do lehendakari era conhecer os planos do acionista majoritário para a planta de Legazpi, que está parada desde o início do ano pela queda da demanda.

Gerdau, presidente do principal grupo produtor de aços especiais na América e um dos mais fortes da Europa, assegurou que as vendas da Sidenor tinham caído pela metade, mas que agora estão se recuperando.

As previsões da Sidenor para 2010 são otimistas, e acredita-se que elas cresçam pelo menos 20%, segundo o executivo-chefe da empresa, José Antonio Jainaga, que também participou da reunião com o lehendakari.

A Gerdau explicou que os 55 milhões de euros vão financiar planos de "modernização" e aumento da "competitividade" das plantas.

Nenhuma das fábricas vai ficar sem receber fundos.

Leia mais sobre: Gerdau

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.