SÃO PAULO - A Embraer, maior fabricante mundial de jatos regionais, espera queda de 10% na receita no ano que vem ante 2009, disse o vice-presidente financeiro da empresa nesta sexta-feira, Luiz Carlos Aguiar.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237577685990&_c_=MiGComponente_C

"Tínhamos falado que iríamos passar um 'guidance' nesse trimestre (para 2010). Ainda não é possível passar 'guidance'. O que podemos dizer é que esperamos, com uma visão genérica, uma redução de 10% das nossas receitas", afirmou ele em teleconferência com analistas para comentar os resultados do terceiro trimestre, sem dar detalhes.

"Vamos continuar firmes na busca de ganhos de economias de escala", prosseguiu.

Na quinta-feira, ao divulgar lucro de R$ 221,9 milhões de julho a setembro, a Embraer manteve a previsão de receita em 2009 de US$ 5,5 bilhões.

Leia mais sobre: Embraer

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.