Empréstimo será utilizado para financiar os planos de investimentos da estatal

SÃO PAULO - A Corporación Andina de Fomento (CAF) aprovou na sexta-feira um empréstimo de US$ 500 milhões, valor equivalente a R$ 840 milhões, para financiar parte do plano de investimentos da Eletrobras.

"Com esta operação, a CAF continua com o apoio que tem dado ao setor elétrico brasileiro, que foi declarado como estratégico por parte do governo federal", conforme nota na página eletrônica do banco de desenvolvimento andino.

O empréstimo de modalidade A/B, baseado no conceito de empréstimos sindicalizados, está estruturado em um aporte da CAF de US$ 125 milhões e em um desembolso de US$ 375 milhões por parte de um sindicatos de bancos composto por BBVA, Santander e HSBC.

O presidente-executivo da CAF, Enrique García, destacou que os empréstimos aprovados pela instituição financeira latino-americana para a Eletrobras nos últimos anos excede US$ 1,3 bilhão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.