SÃO PAULO - A Cyrela divulgou, junto com os resultados do terceiro trimestre, projeções para lançamentos, vendas, margem bruta, margem Ebitda e margem líquida entre 2009 e 2012.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237573739899&_c_=MiGComponente_C

Para os dois primeiros anos do intervalo, a construtora e incorporadora reiterou orientações anteriores para vendas e lançamentos. De acordo com fato relevante encaminhado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta sexta-feira, a companhia prevê lançamentos entre R$ 4,6 bilhões e R$ 5,1 bilhões em 2009, de R$ 6,9 bilhões a R$ 7,7 bilhões em 2010, entre R$ 8,3 bilhões e R$ 9,1 bilhões em 2011 e de R$ 10,5 bilhões a R$ 11,5 bilhões em 2012.

Para as vendas, as estimativas da Cyrela são de R$ 4,6 bilhões a R$ 5,1 bilhões em 2009, de R$ 6,2 bilhões a R$ 6,9 bilhões em 2010, de R$ 7,6 bilhões a R$ 8,4 bilhões em 2011 e de R$ 9,7 bilhões a R$ 10,7 bilhões em 2012.

A parte da Cyrela, conforme o documento, é estimada entre 70% a 75% nas estimativas para 2009, de 73% a 77% em 2010 e superior a 75% tanto em 2011 quanto 2012.

A companhia estima ainda margem bruta entre 33% e 37% entre 2009 e 2012, margem Ebitda de 20% a 24% no mesmo intervalo, e margem líquida de 14% a 16%.

Leia mais sobre: Cyrela

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.