Publicidade
Publicidade - Super banner
Empresas
enhanced by Google
 

Como vender imóveis fora dos estandes

Aplicativos para iPhone e remuneração de boas ideias enviadas por internautas são estratégias da Tecnisa nas mídias sociais

Carla Falcão, iG São Paulo |

Repetir a façanha da Tecnisa, que vendeu um apartamento de R$ 500 mil graças ao Twitter, é o sonho de consumo de várias empresas _sobretudo pequenas e médias _ que estão começando a apostar suas fichas nas mídias sociais. A construtora, que usa ferramentas como YouTube, Slideshare, Linkedin e Flickr, é considerada por analistas de marketing como um dos grupos nacionais mais inovadores na Web 2.0.

 

Ricardo Perrotta, diretor da área de mídia social da consultoria All in Media, que assessora empreendedores dispostos a investir em redes sociais, diz que a Tecnisa é modelo de atuação da Web. “Os bons resultados da empresa, que efetivamente faz negócios nesses canais de relacionamento, representam um forte apelo para os pequenos e médios empresários”, afirma.

Romeo Busarello, diretor de internet da Tecnisa, atribui o retorno das estratégias online ao trabalho realizado na Web desde 2001, quando a construtora criou seu primeiro site. Cinco anos depois, nasceu o blog “sem censura”, como ele faz questão de reforçar. A partir daí, a empresa foi uma das primeiras a entrar (e a sair) do Second Life e a investir em ferramentas como o Twitter.

“Nosso blog transformou-se numa ferramenta de comunicação com inúmeros públicos, de clientes a fornecedores, incluindo vizinhos dos empreendimentos e até blogueiros”, diz Busarello. "O trabalho é grande, mas essa ferramenta contribuiu para a construção de nossa reputação na Web."

Realidade aumentada e site de open innovation serão lançados este ano

Para 2010, a Tecnisa promete manter a tradição e prepara lançamentos nas mídias sociais. Entre as novas ferramentas está um aplicativo para o iPhone de realidade aumentada. Por meio dele, basta que a pessoa aponte o celular para o horizonte e ela verá, na tela de seu aparelho, os empreendimentos da Tecnisa no raio de distância escolhido.Também deve estrear este ano o projeto mobile, que tem como objetivo permitir a visualização do site da empresa a partir de smartphones.

Outra novidade é a criação de um site de inovação aberta. O novo espaço utilizará o mesmo conceito da Idea Storm (Dell) e da Fiat Mio, no qual os internautas podem participar ativamente do desenvolvimento de novos produtos e serviços. “O brasileiro é muito colaborativo e estima-se que mais de 80% dos internautas do País visitem ao menos uma rede social por semana”, afirma Busarello. "Com este site, esperamos receber inúmeras colaborações para nossos projetos e vamos até remunerar as melhores idéias."

O projeto do site é fruto de uma bem-sucedida experiência no Orkut, quando a empresa escolheu diversas comunidades direcionadas à terceira idade e lançou um desafio para receber sugestões que pudessem ser aplicadas a um projeto de arquitetura inclusiva para idosos. Ao todo, 263 ideias foram recebidas. Três delas, aplicadas na prática, receberam um prêmio em dinheiro.

 

Leia tudo sobre: inovação abertamídias sociaistecnisa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG