Publicidade
Publicidade - Super banner
Empresas
enhanced by Google
 

WTorre compra edifício da Cesp na Avenida Paulista

Construtora pagou R$ 91,5 milhões por empreendimento que pegou fogo no fim dos anos 1980

André Vieira, iG São Paulo |

A construtora WTorre venceu a licitação para a compra do edifício Cesp na Avenida Paulista, zona central de São Paulo, pagando R$ 91,5 milhões pelo empreendimento. A Cesp já tentara vender o prédio em pelo menos duas ocasiões, mas não havia aparecido nenhum interessado.

AE
Incêndio no prédio da Cesp em 1987: superaquecimento da luminárias provocou o fogo, que causou uma vítima

Segundo a construtora, o edifício, que está desocupado, será colocado à locação depois do investimento de algumas benfeitorias. A estimativa é que serão necessários cerca de R$ 60 milhões para concluir as obras de acabamento do prédio.
 

O prédio, que era sede da Companhia Energética de São Paulo (Cesp), controlada pelo governo de São paulo, sofreu incêndio em maio de 1987 que durou mais de um dia para ser debelado. Praticamente todos andares dos Edifícios "Sede 1" e "Sede 2" foram afetados, provocando uma vítima. Uma das torres foi implodida. O local está vazio até hoje.

O empreendimento é composto de um edifício de escritórios com 18 andares, 417 vagas de garagem e área útil locável de 19.960,02 metros quadrados, segundo a WTorre divulgou em comunicado.

"Sua aquisição faz parte da nossa estratégia de gestão de portfólio, ampliando nosso portfólio existente para 21 ativos com área bruta locável de 625.293 metros quadrados", informou a construtora.
 

A WTorre foi a mesma construtora que adquiriu um outro famoso prédio inacabado durante anos em São Paulo - o chamado esqueleto da Eletropaulo, na Marginal Pinheiros. O edifício foi vendido depois ao banco Santander, que o escolheu como sua sede.

 

Leia tudo sobre: cespwtorreavenida paulista

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG