O número de páginas de publicidade nas revistas dos Estados Unidos e a receita com esses anúncios subiu no segundo trimestre, guiados por uma alta nas propagandas do setor automotivo

O número de páginas de publicidade nas revistas dos Estados Unidos e a receita com esses anúncios subiu no segundo trimestre, guiados por uma alta nas propagandas do setor automotivo. Esse é o primeiro crescimento na publicidade em geral em dois anos e meio, em um sinal de que o setor pode finalmente ter encontrado um piso. A queda com a receita de publicidade levou ao fechamento de diversos títulos, com os gastos com publicidade sendo pressionados durante a recessão, devido a preocupações econômicas e dúvidas sobre a utilidade dos anúncios. Mas a presidente e executiva-chefe da Magazine Publishers of América (MPA, grupo de editoras de revistas), Nina Link, disse que as publicações "estão sendo beneficiadas pelo que parece ser uma melhora econômica para a publicidade durante o primeiro semestre". O Publishers Information Bureau, que monitora os dados sobre anúncios em revistas e é controlado pela MPA, disse que a receita no segundo trimestre subiu 5,7% na comparação com o mesmo período do ano passado, para US$ 5,21 bilhões, enquanto o número de páginas de publicidade aumentou 0,8%. No primeiro semestre de 2010, a receita subiu 1,2%, enquanto o número de páginas de publicidade caiu 4%. O que liderou a alta no segundo trimestre foi um aumento de 28% no número de páginas e de 41% na receita com anúncios de fabricantes de carros. A recuperação se deu porque no segundo trimestre do ano passado a General Motors e a Chrysler estavam em processo de concordata, com a indústria automobilística registrando o pior nível de vendas nos EUA desde 1970. No segundo trimestre deste ano, o setor de publicidade também se beneficiou de um aumento nos gastos com propaganda das indústrias de móveis e acessórios para casa, tecnologia e alimentação. O aumento no número de páginas de publicidade foi relatado por 130 revistas no período, comparado com 15 revistas no mesmo período do ano passado. O número de páginas de publicidade nas revistas é considerado um importante indicador da saúde dessas publicações, embora as editoras possam aumentar esse número de páginas oferecendo descontos nos preços de anúncios. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.