Publicidade
Publicidade - Super banner
Empresas
enhanced by Google
 

Penthouse faz oferta para comprar a Playboy

Proposta, de cerca de R$ 370 milhões, é superior à feita por Hugh Hefner na última segunda-feira

iG São Paulo |

Reprodução
A capa da Penthouse de julho
A FriendFinder Networks, que publica a revista Penthouse, informou nesta quinta que fez uma oferta de US$ 210 milhões (cerca de R$ 370 milhões) para comprar a rival histórica Playboy. A proposta supera a que foi apresentada no início da semana por Hugh Hefner, fundador da Playboy, que pretende comprar o restante das ações que ele ainda não tem da publicação para, com isso, tirá-la da bolsa de valores.

Em carta enviada ao conselho de admistração da Playboy, a FriendFinder sugeriu uma reunião no dia 21 de julho para discutir a proposta. A oferta feita por Hefner na segunda-feira é de US$ 5,50 que ele ainda não controla da revista, o que daria um desembolso de US$ 185 milhões.

Hefner fundou a Playboy em 1953. Ao revelar que tem interesse de ter o controle de todas as ações da publicação, ele disse que estava preocupado com “a marca, a linha editorial e o legado” da companhia. A Penthouse, por sua vez, completou 40 anos de vida em 2009.

Na proposta enviada à Playboy, a FriendFinder afirma que Hefner ficaria com o controle editorial da publicação. O criador da revista também poderia manter residência na Mansão Playboy.

Desde sexta-feira, as ações da Playboy já subiram 42%.

Getty Images
Hugh Hefner, o fundador da Playboy

Leia tudo sobre: hugh hefnerplayboyaçõespenthouse

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG