SÃO PAULO - A Nokia e a Motorola anunciaram nesta sexta-feira a renovação de um acordo para o licenciamento de patentes para a tecnologia 4G (quarta geração)

SÃO PAULO - A Nokia e a Motorola anunciaram nesta sexta-feira a renovação de um acordo para o licenciamento de patentes para a tecnologia 4G (quarta geração). A aliança tem o objetivo de promover a fabricação de terminais para acesso à internet pelas redes de tecnologias LTE (Long-Term Evolution) e WiMax. Pelos termos do acordo, a Motorola e a Nokia estendem a já existente licença de propriedade intelectual que inclui as tecnologias móveis 4G, como LTE, WiMax e LTE-Advanxced. "Nós estamos satisfeitos em estender o acordo de licença IP com a Nokia, o que inclui a tecnologia 4G. Nós estamos confiantes que esse acordo irá ajudar a melhorar o contínuo avanço na busca pela inovação da indústria de telecomunicação", disse, em nota, Kirk Dailey, vice-presidente corporativo de propriedade intelectual ad Motorola. "Esse acordo mostra que a indústria está fazendo um rápido progresso em direção à adoção da tecnologia LTE, que se tornou um elemento-chave dos programas de licença da Nokia", disse Paul Melin, vice-presidente de propriedade intelectual da Nokia. O posicionamento estratégico quanto à rede 4G de empresas como Nokia-Siemens se deve, em parte, à competição cada vez mais acirrada por esse mercado de empresas chinesas, como a Huawei. A ligação da Nokia com a Motorola começou em julho deste ano, quando a Nokia Siemens, joint venture entre Nokia e Siemens, comprou a divisão de equipamentos sem fio da Motorola por US$ 1,2 bilhão. (Tatiana Schnoor | Valor, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.