Tamanho do texto

Empresa enfrenta cobranças de credores e passa por reestruturação financeira

A companhia aérea Mexicana suspenderá todas as suas operações a partir deste sábado (28). A informação é do ministro de Comunicações e Transportes do México, Juan Francisco Molinar Horcasitas. A Mexicana solicitou, no início de agosto, proteção judicial no México e nos Estados Unidos contra ações de cobrança de seus credores.

As vendas de passagens também estão suspensas desde o início do mês, quando a empresa reduziu o número de voos internacionais. O executivo-chefe da empresa, Manuel Borja, disse no início do mês que a empresa precisaria uma injeção de US$ 100 milhões a US$ 150 milhões para continuar realizando voos. "A Mexicana está um processo que prevê a reestruturação financeira da companhia", disse o ministro Horcasitas, durante uma entrevista coletiva hoje, na Cidade do México.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.