Tamanho do texto

SÃO PAULO - A fabricante de computadores Positivo Informática registrou lucro líquido de R$ 30,2 milhões no segundo trimestre deste ano, um salto de 148,5% em relação ao ganho obtido em igual período de 2009. A receita líquida da empresa somou R$ 591,5 milhões entre abril e junho deste ano, um crescimento de 14,6% em relação ao segundo trimestre de 2009. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA, na sigla em inglês) totalizou R$ 54,8 milhões no segundo trimestre, o que representa uma elevação de 45,4% na comparação com igual período de 2009. O volume de máquinas vendidas pela Positivo Informática no segundo trimestre somou 479,2 mil unidades o que representou um crescimento de 8,3% sobre as vendas registradas entre abril e junho do ano passado. O resultado, segundo a empresa, se deve especialmente às vendas para clientes de governo, na área educacional, com alta de 41,3% sobre os volumes registrados no segundo trimestre de 2009.

SÃO PAULO - A fabricante de computadores Positivo Informática registrou lucro líquido de R$ 30,2 milhões no segundo trimestre deste ano, um salto de 148,5% em relação ao ganho obtido em igual período de 2009. A receita líquida da empresa somou R$ 591,5 milhões entre abril e junho deste ano, um crescimento de 14,6% em relação ao segundo trimestre de 2009. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA, na sigla em inglês) totalizou R$ 54,8 milhões no segundo trimestre, o que representa uma elevação de 45,4% na comparação com igual período de 2009. O volume de máquinas vendidas pela Positivo Informática no segundo trimestre somou 479,2 mil unidades o que representou um crescimento de 8,3% sobre as vendas registradas entre abril e junho do ano passado. O resultado, segundo a empresa, se deve especialmente às vendas para clientes de governo, na área educacional, com alta de 41,3% sobre os volumes registrados no segundo trimestre de 2009. A participação dos desktops caiu de 66,9% das unidades vendidas entre janeiro e março para 62,9% no segundo trimestre, abrindo espaço aos notebooks e netbooks. As vendas de máquinas no varejo somaram 335 mil unidades no segundo trimestre, um crescimento de 2% sobre as 328,3 mil unidades vendidas em igual período de 2009. No mesmo intervalo, a demanda do segmento corporativo teve queda de 31,2% com 16,2 mil máquinas vendidas entre abril e junho. No primeiro semestre do ano, a Positivo vendeu 905 mil computadores, uma elevação de 18,2% ante o primeiro semestre de 2009, e atingiu um lucro líquido de R$ 68 milhões, crescimento de 229,2% em relação ao ganho obtido no primeiro semestre de 2009. A receita líquida da empresa no período totalizou R$ 1,12 bilhão - 21,6% acima da receita obtida nos primeiros seis meses do ano passado. (Daniela Braun | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.