Receita da empresa de softwares cresceu 48% e atingiu US$ 7,502 bilhões

 A empresa de softwares corporativos Oracle reportou crescimento de 20,3% no lucro do primeiro trimestre fiscal de 2011, encerrado no dia 31 de agosto. Os ganhos somaram US$ 1,352 bilhão no período, acima dos US$ 1,124 bilhão do mesmo trimestre do exercício fiscal anterior. Nessa base de comparação, a receita da companhia cresceu 48,4%, para US$ 7,502 bilhões.

No entanto, o lucro operacional não acompanhou esse ritmo e avançou apenas 10,2%, para US$ 1,917 bilhão, em um resultado influenciado por um expressivo crescimento de 69% nas despesas operacionais da companhia. No balanço, Safra Catz, presidente da Oracle, diz que o negócio de softwares do grupo cresceu fortemente em todas a regiões e as vendas de novas licenças marcaram alta de 25%.

"Nosso negócio de hardware também cresceu mais rápido do que esperávamos, com a liderança dos servidores da Sun Solaris e da Exadata", afirma o executivo. A empresa ainda informa que anunciará dois novos sistemas que vão combinar o hardware da Sun com o software da Oracle. Os investimentos da empresa em pesquisa e desenvolvimento devem superar US$ 4 bilhões neste ano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.