Publicidade
Publicidade - Super banner
Empresas
enhanced by Google
 

Extra lança 'Black Friday' no Brasil, tradicional liquidação de Natal americana

Rede de hipermercados Extra antecipa-se ao rival Walmart e é a primeira a realizar megaliquidação em lojas físicas no Brasil

Claudia Facchini, iG São Paulo |

A Black Friday, sexta-feira preta em inglês, tradicional megaliquidação realizada pelos varejistas nos Estados Unidos sempre na última sexta-feira de novembro, ganhou força no Brasil este ano. O hipermercado Extra, do grupo Pão de Açúcar, antecipou-se ao seu concorrente americano, o Walmart, e será a primeira grande rede de lojas físicas do País a aderir ao evento de marketing.

Divulgação
Hipermercados Extra vão realizar pela primeira vez a promoção 'Black Friday', no dia 25 de novembro
Com promessas de descontos de até 70%, a 'Black Friday' costuma levar uma multidão às lojas nos Estados Unidos, onde já houve até mesmo casos de morte por aglomeração.

Leia também: Americanos reclamam de liquidação no dia de "Thanksgiving"

Todas as lojas do Extra vão abrir na sexta-feira, dia 25 de novembro, às 4 horas da manhã e fecharão à meia noite. “A Black Friday deve se consolidar no Brasil nos próximos anos e queremos que os consumidores associem a marca Extra à liquidação”, afirmou Geraldo Monteiro, diretor de operações de São Paulo do Grupo Pão de Açúcar, que prevê um aumento de 70% nas vendas em relação a igual sexta-feira de 2010, quando a rede não realizou a promoção.

O objetivo da 'Black Friday' é antecipar as vendas de Natal e capturar o consumidor antes que ele gaste - e se endivide - com os concorrentes.

O Extra fará um forte investimento em mídia a partir de quarta-feira à noite, com comerciais de um minuto no horário nobre da televisão. Além disso, a rede dará condições agressivas de crédito, como o primeiro pagamento em fevereiro e a ampliação do limite nos cartões Extra, que pode chegar até a 100%.

Leia também: Feliz Natal e Ano Novo sem dívidas

Getty Images
Nos EUA, 'Black Friday' leva milhões de consumidores às lojas
'Black Friday' versus 'Cyber Monday'

No mercado americano, a 'Black Friday' é realizada um dia após o feriado de “Thanksgiving”, considerado um dos mais importantes nos Estados Unidos, e marca o início da temporada de compras de Natal. Os varejistas aproveitam a data para limpar os estoques que ficaram encalhados nos meses anteriores e renová-los para a grande safra de fim do ano.

Leia também: Sites buscam resolver problemas para atender demanda de Natal

No Brasil, a 'Black Friday' foi realizada pela primeira vez pelo comércio eletrônico em 2010, por iniciativa do site Busca Descontos, que consolida os produtos em oferta na internet.

Curiosamente, nos Estados Unidos, o comércio eletrônico realiza uma megaliquidação na segunda-feira posterior ao “Thanksgiving”, batizada de 'Cyber Monday', para rivializar com a 'Black Friday' do varejo físico.

O Busca Descontos realizará novamente a versão online da 'Black Friday' nesta sexta-feira, com uma estrutura bem maior que a do ano passado. O esquema montado pela empresa permitirá 10 mil acessos por segundo, que poderá ser ampliado se houver necessidade.

Vão participar neste ano da 'Black Friday' online do Busca Descontos as pontocom do Walmart, Dell, Submarino, Americanas, Comprafácil, Fnac, Saraiva, Netshoes, Daffit, Polishop, Carrefour, entre outras. Os sites do Grupo Pão de Açúcar, que é dono do Extra, Ponto Frio e Casas Bahia, também realizarão a promoção online na sexta-feira, mas não em parceria com o Busca Descontos. 

Pedro Eugênio, fundador e presidente do Busca Descontos, prevê que neste ano, a 'Black Friday' online  movimentará R$ 15 milhões, cinco vezes mais que o total faturado pelos sites em 2010, de R$ 3 milhões.

Leia também: Reajuste de 14% do mínimo em janeiro deve prolongar o Natal
 

Leia tudo sobre: ExtraBlack FridayCyber ModayliquidaçãovarejoNatalsupermercadoscomérciopromoção

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG