Tamanho do texto

Acionistas da rede de varejo pagam 25% em dinheiro por controle de farmácias de shoppings

A Drogaria São Paulo confirmou a compra da Drogão, conforme antecipou iG no dia 2 de junho. Com a compra, a rede passa a ter uma elevada participação em shoppings centers, o maior foco da rival adquirida pela Drogaria São Paulo. A empresa terá 326 lojas, abaixo ainda da rival Pague Menos, do Ceará.

A operação envolveu o pagamento em dinheiro e a troca de ações. A Drogaria São Paulo pagou 25% em dinheiro e o restante será quitado em forma de ações, fazendo com que os acionistas da Drogão virem sócio minoritários da Drogaria São Paulo.

A Drogão possui 72 unidades, todas na Grande São Paulo, dos quais cerca de 40 farmácias estão  em shopping centers. O faturamento da Drogaria São Paulo, controlada pelo empresário Ronaldo Carvalho, deve crescer de R$ 1,7 bilhão para R$ 2,5 bilhões. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.