Na sexta-feira, ações da companhia subiram quase 30% com anúncio de fusão com a LAN

selo

A presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Maria Helena Santana, afirmou hoje que a autarquia investiga a oscilação dos preços das ações da TAM que precedeu o anúncio da fusão da companhia com a chilena LAN Airlines. Segundo ela, esse é um procedimento padrão. "Toda oscilação que precede uma divulgação importante é analisada. Esse é o protocolo", afirmou. A CVM já pediu informações à TAM, à BM&FBovespa e a reguladores estrangeiros.

Na sexta-feira, as ações da TAM fecharam em alta de 27,64%. O fato relevante sobre o negócio envolvendo as empresas foi encaminhado à CVM minutos antes do encerramento do pregão. Maria Helena disse que investigações desse tipo não costumam ser concluídas no mesmo ano do início das apurações, mesmo porque a autarquia poderia ser pressionada pelo clamor público. "A CVM tem trabalhado para acelerar a apuração de processos, mas fazer rápido demais (a investigação) também não é saudável", afirmou.

    Leia tudo sobre: Bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.