Durante 40 dias, rede americana pôde solicitar a interessados que fizessem propostas de compra; rede foi adquirida pelo fundo 3G

O Burger King divulgou, nos Estados Unidos, que encerrou o período de “go-shop” – um prazo legal de 40 dias concedido às empresas que estejam sendo adquiridas para que elas possam solicitar a potenciais interessados que apresentem ofertas alternativas de compra.

Em agosto, a rede de fast-food, com sede em Miami, assinou acordo com o fundo de investimento 3G Capital, que pagará US$ 3,26 bilhões pelo controle da segunda maior cadeia de hambúrguer do mundo.

Segundo o comunicado, o Burger King não recebeu nenhuma outra proposta de compra durante o período de “go-shop”, o que confirma a sua aquisição pelo fundo de investimento.

O 3G Capital é controlado pelos investidores brasileiro Jorge Paulo Lemann, Roberto Sicupira e Marcel Telles, que também são donos da AB Inbev, a maior cerverjeira do mundo e a controladora, no Brasil, da AmBev.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.