Segundo pesquisa, transações feitas pela internet somaram US$ 8,7 bilhões no País em 2009; alta de 10% em relação ao ano anterior

O Brasil liderou as vendas no comércio eletrônico na América Latina em 2009. Segundo pesquisa divulgada pela everis, consultoria de negócio globais, US$ 8,7 bilhões foram movimentados com as vendas on-line no País. Aumento de 10,3% em relação a 2008. No ranking geral, o Brasil ocupa a 13º posição, atrás dos Estados Unidos, Japão, China, Alemanha, França, Reino Unido, Itália, Canadá, Espanha, Coréia, Austrália e Índia.

A pesquisa analisa o comércio eletrônico em 41 países. No ranking global, os Estados Unidos ocupa a primeira posição, com um movimento de US$ 134,9 bilhões seguido pelo Japão, com US$ 51,2 bilhões e pela China, com US$ 36,9 bilhões.

As vendas on-line, em 2009, em todo o mundo chegaram a marca de US$ 502,1 bilhões, um aumento de 4,5% em relação a 2008. A quantia é duas vezes maior que os números de 2004. Cerca de 80% das vendas se concentraram nos países desenvolvidos. Segundo Teodoro López, presidente da everis Brasil, nem a crise econômica mundial foi capaz de desacelerar o ritmo crescente do comércio eletrônico.

Dos países analisados, apenas quatro apresentaram decréscimo no valor movimentado pelas vendas on-line: Coréia, Dinamarca, Suécia e Nigéria. O Brasil, em 2009, apresentou um crescimento de 8,9% em relação ao ano anterior e, no período entre 2005 e 2009, um crescimento de 238,8%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.