Arval, empresa especializada em locação de automóveis do grupo financeiro francês, quer crescer 60% no Brasil até 2013

A Arval, empresa especializada em locação de veículos e gestão de frotas do grupo francês BNP Paribas, vai investir R$ 800 milhões para ampliar sua atuação no Brasil nos próximos três anos, prazo em que a empresa estima aumentar sua frota em 60%. A quantia a ser desembolsada será duas vezes maior que a investida pela companhia no País desde 2006.

Getty Images
Com investimento de R$ 800 milhões, empresa quer diversificar a cor dos veículos de sua frota no País
A empresa é líder no segmento na França e possui uma frota com aproximadamente 150 mil veículos. Em dez anos, o Brasil terá a mesma capacidade que o país europeu. “O Brasil será no futuro a França de hoje. Para isso, iremos investir pesado aqui”, afirmou Roberto Fonseca, presidente da Arval no Brasil.

A Arval está no Brasil há quatro anos e atende atualmente 200 empresas de pequeno, médio e grande portes. Com uma frota de seis mil veículos, que será ampliada até o fim do ano para oito mil, a companhia aluga, vende e financia veículos para as empresas montarem suas próprias frotas.

Um dos principais desafios da companhia nos próximos anos é mudar o hábito de gestão de frotas brasileiro: o de trabalhar apenas com veículos populares e da "linha branca" (com o mínimo de opcionais). Walter Kirschner, diretor de produtos da Arval, afirma que, em alguns países europeus, as frotas são compostas por no mínimo três opções de veículos. Assim, o funcionário pode escolher o que melhor atende suas necessidades.

No Brasil, 60% da frota da Arval é composta por veículos brancos, mas isso vai mudar nos próximos anos, diz o executivo. “Pesquisas lá fora nos mostram que se o funcionário tem a opção de escolher o carro com que vai trabalhar, sua produtividade aumenta. Parte dos nossos investimentos será para a diversificação dos nossos carros”.

Segundo Roberto Fonseca, presidente da Arval no Brasil, a empresa acaba de fechar em Fortaleza seu primeiro contrato fora das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste
Divulgação
Segundo Roberto Fonseca, presidente da Arval no Brasil, a empresa acaba de fechar em Fortaleza seu primeiro contrato fora das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste

A Arval, que tem entre seus clientes empresas como Leroy Merlin, Sky, AES Eletropaulo, Cetelem e McDonald’s, acabou de fechar seu primeiro contrato na região Nordeste. Trata-se de uma frota de 800 veículos a um único cliente em Fortaleza. “Esse contrato é o primeiro fechado fora do eixo Sul, Sudeste e Centro-Oeste, mas nossos carros estão espalhados por todo o País”, disse Fonseca.

Presente em 19 países, a Arval atua no segmento de locação de veículos há 21 anos. Desde 2008, o crescimento da companhia está estagnado por conta da crise econômica mundial. Este ano, a empresa prevê crescer principalmente nos países fora do continente europeu.

No primeiro trimestre deste ano, o grupo BNP Paribas apresentou lucro líquido de de 2,3 bilhões de euros, um aumento de 47% na comparação com o mesmo período de 2009.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.