Publicidade
Publicidade - Super banner
Empresas
enhanced by Google
 

Boeing mira aumento de vendas internacionais

"O que veremos será um crescimento moderado como o visto nos últimos cinco anos", disse Dennis Muilenburg

Reuters |

A norte-americana Boeing afirmou nesta sexta-feira que espera impulsionar as vendas internacionais para compensar a desaceleração em seu mercado local, em meio à tentativa do governo dos Estados Unidos de conter os gastos com defesa.

O presidente da Boeing Defense, Space and Security, Dennis Muilenburg, disse a repórteres em Cingapura que as vendas internacionais da companhia cresceriam para entre 20% e 25% do total da receita nos próximos cinco anos, ante 16% em 2009.

Mais tarde, ele disse à "Reuters" que o negócio global da empresa, segunda maior fabricante de aviões do mundo depois da Airbus, cresceria a um ritmo "moderado", similar ao percentual de um dígito visto nos últimos cinco anos. No ano passado, o negócio de defesa da Boeing atingiu cerca de US$ 34 bilhões em receita, uma alta ao redor de 5%.

"O que veremos será um crescimento moderado como o visto nos últimos cinco anos", disse ele.

Muilenburg também acrescentou que o suporte de mercados da Ásia Pacífico, que respondem por metade das vendas internacionais da companhia, e do Oriente Médio devem compensar a desaceleração nos EUA.

(Por Nopporn Wong-Anan e Harry Suhartono)

 

Leia tudo sobre: Boingaviaçãoaviões

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG