Publicidade
Publicidade - Super banner
Empresas
enhanced by Google
 

Beckham nem sabe o que fez, diz diretora da Fruki

Imagem do astro ingles com lata de guarana torna marca gaucha febre no Twitter

Daniel Cassol, iG Rio Grande do Sul |

Getty Images
David Beckham: marketing involuntario para a marca brasileira Fruki
Fotos do superastro do futebol David Beckham segurando, na mão direita, uma lata de guaraná Fruki, tornaram a modesta marca de refrigerante gaúcha um dos assuntos mais comentados na rede social Twitter nesta terça-feira. Mais do que isso, representam uma ação de marketing involuntário para a empresa, que comemora a repercussão inesperada. “Beckham não sabe o que fez”, diz uma das diretoras.

Fundada em 1924, a fábrica de refrigerantes sediada em Lajeado, a 120 quilômetros de Porto Alegre, é tocada até hoje por herdeiros do fundador Emílio Kirst. Por uma estratégia de mercado, oferecendo o produto por um preço mais baixo que as marcas mais famosas, a empresa comercializa o tradicional guaraná Fruki apenas no Rio Grande do Sul. Além disso, exporta poucas quantidades para países como Uruguai, Japão, China e Estados Unidos, em busca de brasileiros com saudades de guaraná.

Foi por intermédio de Denis Viegas, lajeadense que vive próximo a Los Angeles, nos Estados Unidos, que a Fruki começou a exportar o seu guaraná para o país em dezembro do ano passado, até que uma lata fosse parar nas mãos do inglês David Beckham, jogador do Los Angeles Galaxy.

“Foi uma casualidade e acabou virando uma grande notícia. A Fruki está feliz”, comemora a diretora administrativa da empresa, Aline Eggers Bagatini. "Não há como mensurar isso. Mas para nós representa muito, puxa vida, nunca imaginamos uma celebridade como o David Beckham com o nosso produto. Não tem preço que pague”, complementa. Ela garante que não houve nenhuma ação de marketing, apenas um acaso que fez o nome da marca explodir.

Ao iG, Denis contou que Beckham comprou o guaraná no Café Brasil, um restaurante brasileiro da cidade de Venice, onde o inglês almoçou no dia da foto. “Como importador da Fruki e divulgador da marca, fiquei muito feliz em ver a foto dele com uma lata de Fruki na mão”, disse Denis. Beckham já manifestou em outras ocasiões ser fã de guaraná. “Eu imagino que ele foi almoçar, consumiu o guaraná, gostou e comprou mais uma lata”, acredita Aline.

Site X17
As fotos foram publicadas no dia 27 de abril. Foi uma internauta de Porto Alegre quem viu a imagem e avisou a Fruki por meio do site da empresa. Aline disse que só viu a foto nesta segunda, repassando a colegas e amigos. A informação foi publicada em um site de notícias da cidade e fez a Fruki ficar entre os termos mais comentados no Twitter nesta terça.

Com estrutura familiar e foco no mercado regional, a Fruki emprega cerca de 650 trabalhadores em sua fábrica em Lajeado e nas centrais de distribuição em Pelotas, Santo Ângelo e Cachoeirinha. A empresa teve um faturamento de R$ 50 milhões em 2005, valor que pulou para R$ 135 milhões no ano passado.

Por ser mais barato que os concorrentes mais famosos, o guaraná Fruki não deixa de ser alvo de brincadeiras dos consumidores gaúchos. Para a diretora da empresa, a publicidade inesperada do astro inglês pode ajudar a quebrar o preconceito, principalmente dos mais jovens.

“Eu imagino que esse fato possa contribuir para que muitos jovens olhem para os produtos locais de uma forma diferente. Isso nos ajuda a quebrar algumas barreiras. Ele nem imagina o que fez”, brinca Aline.

Leia tudo sobre: BeckhamFrukiBebidaGuarana

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG