BRASÍLIA - A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que iniciou hoje a análise sobre a nova composição acionária proposta pela TAM para se fundir à companhia chilena LAN

BRASÍLIA - A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que iniciou hoje a análise sobre a nova composição acionária proposta pela TAM para se fundir à companhia chilena LAN. De acordo com a agência, a avaliação técnica tem o objetivo de verificar se estão atendidos os requisitos da legislação brasileira em vigor, que entre outros aspectos inclui o controle de companhias aéreas por brasileiros. A Anac informou que a TAM entregou, por meio da advogada Flávia Turci, a documentação sobre a intenção de unir as duas empresas aéreas. A entrega do pedido foi feita no fim da tarde de ontem (20) ao diretor Ricardo Bezerra. Entre os documentos que serão avaliados estão a ata da assembleia de acionistas, o acordo de acionistas e as certidões sobre a regularidade jurídica e fiscal da empresa aérea. Segundo a Anac, não é possível definir um prazo para a análise da documentação. O período de verificação dependerá da complexidade do processo. Além disso, documentos adicionais poderão ser solicitados. (Rafael Bitencourt | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.