Tamanho do texto

Acionistas da United Airlines e Continental aprovam fusão

ELK GROVE VILLAGE, Illinois (Reuters) - Os acionistas da UAL Corp, controladora da United Airlines, e da Continental Airlines, ambas dos Estados Unidos, aprovaram nesta sexta-feira a proposta de fusão das empresas, formando a maior companhia aérea do mundo.

A Continental informou em comunicado que mais de 98 por cento dos votos de acionistas em assembleia extraordinária em Houston foram favoráveis à união, enquanto os investidores da UAL aprovaram o negócio durante reunião no subúrbio de Chicago.

A nova companhia aérea será conhecida como United Airlines e terá sede em Chicago, com o presidente-executivo da Continental Jeff Smisek no comando do grupo.

O presidente-executivo da UAL, Glenn Tilton, será o chairman da companhia aérea.

O negócio recebeu aval de reguladores antitruste dos EUA em agosto e da Comissão Europeia em julho. A expectativa é que a transação seja concluída até 1o de outubro.

(Por Kyle Peterson em Elk Grove Village, Illinois, com reportagem adicional de Deepa Seetharaman em Nova York)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.