Confiança do comércio de SP tem segunda alta seguida, indica Fecomercio

Indicador que mede a confiança do varejista paulistano aumentou 2,8% em setembro na comparação com agosto, ao passar de 113,4 para 116,6 pontos

Agência Estado |

Agência Estado

O índice que mede a confiança do varejista paulistano aumentou 2,8% em setembro na comparação com agosto, ao passar de 113,4 para 116,6 pontos, em decorrência da aproximação do período das festas de fim de ano, informou nesta sexta-feira a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

Este foi o segundo mês consecutivo de alta no Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), indicador medido em uma escala que varia de 0 a 200 pontos e mostra otimismo quando acima dos 100.

Os três componentes do indicador de confiança apresentaram aumento em setembro ante agosto. O Índice das Condições Atuais do Empresário do Comércio (Icaec) registrou alta de 7% no período, mas ainda permanece na região do pessimismo, aos 88 pontos.

Segundo a FecomércioSP, 55,85% dos empresários estão otimistas quanto às condições atuais da própria empresa, 38,1% acreditam que a economia está melhor e 42,96% avaliam que a situação é mais favorável para os setores em que atuam.

O Índice de Expectativa do Empresário do Comércio (Ieec) subiu 1,5% em setembro na comparação com agosto, para 153,3 pontos. Este indicador mostra que 86,79% dos consultados acreditam que o setor vá crescer nos próximos meses, 82,95% acreditam em melhora da economia e 90,28% apostam que a própria empresa irá crescer nos próximos meses. Em reforço a essa percepção, 77,95% dos empresários disseram que pretendem aumentar o quadro de funcionários e 56,98% planejam ampliar o nível de investimentos da empresa.

"Apesar de os empresários não estarem plenamente satisfeitos com as condições atuais, a expectativa de crescimento é bastante positiva, principalmente no que tange ao ímpeto de contratação de funcionários", afirma a entidade, em nota à imprensa.

O Índice de Investimento do Empresário do Comércio (Iiec), por sua vez, pulou de 107 para 108,6 pontos, uma alta de 1,4% no período. Ainda para a FecomercioSP, a ações pontuais do governo federal para estimular a economia aumentaram o otimismo dos empresários do comércio.

Leia tudo sobre: ECONOMIA

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG