Infográfico: veja como os carros são blindados

As blindagens de automóveis vão dos níveis 1 a 4, dependendo do grau de proteção aos diferentes calibres das armas de fogo e custam, em média, R$ 45 mil; acompanhe o passo a passo do processo

Mayara Teixeira , iG São Paulo | - Atualizada às

Há várias categorias de blindagem para carros, que vão desde o nível 1 ao nível 4. Eles se diferenciam pelo grau de proteção balística: cada tipo de blindagem resiste a tipos maiores ou menores de calibres de armas de fogo. O mais comum no País é o nível 3A. Níveis mais elevados de blindagem só são permitidos para o Exército ou para civis mediante permissão. Para blindar um veículo é necessário cerca de um mês. 

Veja como é feita uma blindagem de carros:

Os níveis restritos pelo Exército protegem até contra disparos de fuzis AR-15 e FAL. “Alguns civis conseguem esse tipo de permissão, como alguns banqueiros, que preferem usar blindados desse nível”, diz Rogério Garrubo, diretor e fundador da empresa Concept Blindagens. “Mas, na prática, qualquer um consegue, só não vai passar se tiver nome sujo”.

Há também níveis que não são autorizados pelo Exército Brasileiro, por exemplo, o nível quatro que resiste a disparos de metralhadora M60, arma usada em guerras por esquadrões do exército norte-americano.

Leia também:  Número de carros blindados sobe 10,5%

Há dez anos, a blindagem era feita com aço, um material mais barato, porém muito mais pesado. Hoje, é utilizada a aramida, uma espécie de tecido super resistente que é mais caro, mas não altera bruscamente o centro gravitacional do automóvel após o processo.

Para tornar um automóvel a prova de balas é preciso desembolsar cerca de R$ 45 mil.

Segundo a Associação Brasileira de Blindagem (Abrablin), cerca de 80% dos carros blindados passam pelo processo quando ainda são zero quilômetro e os veículos blindados custam, em média, R$ 200 mil. “Tem sido comum o pedido de blindagem pela classe média, na qual há falta de segurança pública a blindagem ganha espaço”, diz Garrubo.

E também: Venda de carros novos volta a cair

Em 2011, o setor bateu seu recorde de produção com 8 mil carros blindados, um número 10% maior em relação a 2010, mas que deve ser mantido em 2012.

Entre os estados que mais blindam carros, São Paulo é o campeão com 78% do total. Em segundo lugar fica o Rio de Janeiro com 14%, seguido de Pernambuco com 2% e Paraná e Bahia, ambos com 1%. O público masculino representa 65% dos usuários de carros blindados, geralmente na faixa etária de 40 a 49 anos. Do universo total dos usuários, 75% são executivos e empresários, 9% são artistas e cantores, 7% são juízes e 6% são políticos.

Leia tudo sobre: carrosblindagempasso a passoinfografico

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG