Em São Paulo, combustível sai a R$ 1,26, enquanto no Distrito Federal, a R$ 1,77

No Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte, postos de todo o País vendem gasolina mais barata, sem impostos, em várias cidades, segundo informações do Instituto Mises Brasil, um dos organizadores do movimento. 

Posto na zona oeste de São Paulo vende gasolina a R$ 1,26 e atrai multidão
AE/Werther Santana
Posto na zona oeste de São Paulo vende gasolina a R$ 1,26 e atrai multidão

Em São Paulo, o "Dia sem Impostos" oferece gasolina subsidiada, a R$ 1,2677 o litro, no Centro Automotivo Portal das Perdizes (bandeira Ipiranga), na Avenida Sumaré, esquina com a rua Dr. Franco da Rocha, zona Oeste da cidade. Com oferta total de 1 mil litros, as vendas serão limitadas a 30 litros de combustível por veículo.

Motoristas aproveitam desconto e formam loga fila em posto da quadra 206 Norte, no DF
Antonio Cruz/ABr
Motoristas aproveitam desconto e formam loga fila em posto da quadra 206 Norte, no DF
Em Brasília, a redução no preço da gasolina de R$ 2,82 para R$ 1,77 causou uma fila de 5 quilômetros em um posto de combustível. O empresário Thiago Jarjour, dono do posto, explica que resolveu participar da ação como manifesto para que o preço da gasolina seja mais justo. “A parceria que o posto tem com a CDLJ-DF [Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem] visa a diminuir os tributos que vão de encontro com a nossa ideologia. O valor da gasolina é abusivo por causa dos altos tributos.”

Para o administrador de redes Aldo de Oliveira, valeu a pena enfrentar a fila por mais de duas horas apenas para não pagar impostos sobre o combustível, pelo menos um dia. “A questão dos impostos abusivos é muito revoltante, ainda mais porque sabemos que esse dinheiro pode ser usado de forma irregular. Dou meu apoio à manifestação e acho que o dinheiro dos impostos deveria ser revertido à melhoria de vida dos cidadãos.”

Segundo os organizadores de Brasília, as instituições responsáveis pelo evento vão arcar com os impostos, que representam 53,03% do valor cobrado pelo combustível, de acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT).

O Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte e da Liberdade de Impostos foi formalmente instituído no 15 de setembro de 2010, e o dia 25 de maio se tornou uma data de conscientização a ser celebrada anualmente.

(Com Agência Brasil e Agência Estado)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.