Unidade para a produção de especialidades químicas a partir da cana-de-açúcar receberá aporte de US$ 35 milhões

O Grupo São Martinho anunciou a assinatura de um acordo definitivo com a empresa americana Amyris Biotechnologies para a criação de uma joint venture que produzirá especialidades químicas a partir do xarope de cana-de-açúcar. O acordo final prevê a construção de uma nova planta química ao lado da Usina São Martinho, em Pradópolis (SP), onde as duas empresas terão 50% de participação cada uma.

"Com investimentos de US$ 35 milhões, a unidade a ser construída pela joint venture, batizada de SMA Indústria Química S.A., utilizará 1 milhão de toneladas de cana-de-açúcar fornecidas pela Usina São Martinho", afirmou o presidente do Grupo São Martinho, Fábio Venturelli.

Segundo ele, ao contrário do que foi anunciado no acordo preliminar feito em dezembro com a Amyris, a Usina Boa Vista, do Grupo São Martinho, não entrará na negociação. Pelo pré-acordo, a Amyris ficaria com 40% de participação da Usina Boa Vista, localizada em Quirinópolis, interior de Goiás.

"Decidimos ficar com 100% do controle da Boa Vista porque, com a mudança da produção para a Usina São Martinho, não haveria motivo para se desfazer da Usina Boa Vista", disse Venturelli, que anunciou recentemente investimentos de R$ 145 milhões na usina goiana.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.