Publicidade
Publicidade - Super banner
Empresas
enhanced by Google
 

Rússia proibirá exportações de grãos a partir do dia 15

Moscou, 5 - O governo russo anunciou hoje que proibirá as exportações de grãos a partir de 15 de agosto

AE |

selo

Moscou, 5 - O governo russo anunciou hoje que proibirá as exportações de grãos a partir de 15 de agosto. Segundo agências de notícias do país, a decisão se deve à quebra de produção por conta do clima e à alta dos preços internos. A onda de calor não dá trégua e os incêndios florestais se intensificam. A Rússia vive a pior estiagem em uma década. Ao defender a interrupção dos embarques, o primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, anunciou que cerca de US$ 1,2 bilhão será destinado aos agricultores prejudicados pela seca. Hoje, o número de mortos nos incêndios florestais no país chegou a 50. A área total em chamas aumentou para 196 mil hectares, cerca de 7 mil hectares a mais que ontem. Surgiram 373 novos focos de incêndios, enquanto outros 254 foram apagados, informou o Ministério de Situações Emergenciais da Rússia. O governo tem sido duramente criticado por ser lento e mal equipado para reagir ao desastre. Em Moscou, as temperaturas devem alcançar 40ºC amanhã, quase o dobro da média sazonal, de 23ºC. Embora a visibilidade tenha melhorado, a capital ainda registra 35 focos de incêndio. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: ECONOMICO-ECONOMIA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG