Realizado em parceria com a empresa Galp, o investimento total previsto é de US$ 530 milhões

O conselho de administração da Petrobras aprovou a criação das empresas que implantarão o projeto de produção de biodiesel (green-diesel) em Portugal, em parceria com a Galp Energia. O investimento total estimado para o projeto é de aproximadamente US$ 530 milhões, a ser realizado em partes iguais pelas empresas. A produção do biodiesel será destinada ao mercado europeu, com prioridade para o mercado ibérico.

 "Tal investimento, além de atender aos critérios de rentabilidade das companhias, fortalece a posição da Petrobras como produtora de biocombustível e permite sua presença estratégica no mercado de combustível europeu", disse a estatal.

De acordo com comunicado, a produção de biodiesel em Portugal está prevista para 2015 e será da ordem de 250 mil toneladas/ano, com investimentos previstos em US$ 240 milhões. Ainda de acordo com a estatal, a estratégia de suprimento da unidade de biodiesel em Portugal prevê a implantação de um polo agroindustrial no Brasil para cultivo da palma (dendê), com produção de cerca de 300 mil toneladas/ano de óleo de palma no estado do Pará e investimentos estimados em US$ 290 milhões, com desembolsos entre 2010 a 2018.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.